16.3.10
desafio.
A Cidade Imaginada debruça-se sobre certos instantes de uma discursividade fotográfica da cidade de Guimarães, desde os primórdios da fotografia até à actualidade. Durante a conversa fazem-se paragens nos calótipos de Frederick William Flower, nas experiências do fotógrafo Martins Sarmento, nos retratos de Carlos Mesquita e nas propostas dos recentes Cadernos de Imagens. Sai-se do centro para a periferia. Compara-se a fotografia da cidade à fotografia de outras cidades médias: Coimbra, Braga, Póvoa de Varzim. E no fim, a dúvida: haverá, em Guimarães, uma fotografia da cidade, uma cidade imaginada?

Sexta feira, 26 de Março, 22h00
A Cidade Imaginada
Apresentação de Eduardo Brito
Laboratório das Artes - Projecto Apolo
Largo do Toural, Ed. Milenário, Guimarães.
 
posted by Eduardo Brito at 12:16 da tarde | Permalink |


0 Comments: