31.1.10
citação.
Sempre me fascinou o trabalho fotográfico, disse Austerlitz, o momento em que as sombras da realidade, por assim dizer, emergem do nada para o papel exposto, como as recordações que assomam em nós a meio da noite e que depois, quando tentamos agarrá-las, logo se ensombram de novo, da mesma maneira que uma prova fotográfica que se deixou no banho de revelador durante demasiado tempo.

W. G. Sebald, Austerlitz, Ed. Teorema, p 72.

Etiquetas:

 
posted by Eduardo Brito at 9:31 da tarde | Permalink |


0 Comments: