4.3.09
antónio pinho vargas: sobre o sublime e a merda.
"A vida é uma aprendizagem interminável da capacidade de olhar o mundo. As viagens permitem a comparação dos horizontes e das merdas. Uma das coisas que mais me obceca actualmente é, perante a possibilidade de ver o sublime, escolher ver a merda."

António Pinho Vargas, em "As Viagens e os Erros": um texto magistral para ler aqui.
 
posted by Eduardo Brito at 9:29 da manhã | Permalink |


0 Comments: