18.2.09
a fantástica viagem.
A cidade de Logashkino ficava situada na costa do mar oriental da Sibéria. Entre 1939 e 1969, mapas da União Soviética cartografaram-na em diferentes latitudes e longitudes. Todos em seu redor, nenhum no seu preciso lugar. Logashinko foi, pois, uma cidade invisível para diferentes viajantes, para diferentes cartógrafos. Um destes chegou mesmo a considerar a sua inexistência e, assim sendo, não a assinalou no seu mapa. A história de Logashkino é a história de um lugar imaginário. Ou de um lugar irrepresentável; um hic sunt leones, como os romanos descreviam os lugares perigosíssimos da terra incognita dos seus mapas. Hic Sunt Leones, Geografia Fantastica i Viaggi Straordinari é o catálogo de uma exposição sobre lugares imprecisos, cartografias imaginárias ocorrida entre Janeiro e Março de 1983 no Centro Palatino, em Roma.

Etiquetas:

 
posted by Eduardo Brito at 7:27 da tarde | Permalink |


0 Comments: