6.2.09
1884.

O leitor não foi ontem ao D. Afonso ver os trabalhos da Companhia imperial japonesa de Shonoskee e P. Bustilos? Pois não falte hoje, se quiser pasmar diante de verdadeiros prodígios.

Religião e Pátria
, n.º 12, 35.ª Série, Guimarães, quarta-feira, 6 de Fevereiro de 1884



"Na vida dos homens, das instituições e das nações há momentos que se gravam a letras de ouro. Assim também nas cidades. O ano de 1884 é, para Guimarães, um desses momentos: um ano de viragem, o ano em que a modernidade começou a acontecer por aqui".
É esta a nota de apresentação do blog 1884, evocativo de um ano ímpar na história de Guimarães. Da chegada do comboio à criação da Escola Francisco de Holanda e do Comércio de Guimarães, passando e parando na incontornável Exposição Industrial no Palácio de Vila Flor, nos trabalhos de Alberto Sampaio, Francisco Martins Sarmento e da Sociedade que dele tomou o nome, este foi o ano que lançou as bases de um século XX vimaranense que se cria promissor.
Dia a dia, cento e vinte e cinco anos depois, republicam-se as notícias que fizeram a história de um ano diferente. www.1884gmr.blogspot.com, para ler até 31 de Dezembro.
 
posted by Eduardo Brito at 9:55 da manhã | Permalink |


0 Comments: