25.11.07
araduca.
Dizem que a cidade teve vários nomes*. De Leobriga a Cataleuca, de Celiobriga a W(e)imaria, de Via Maris a Vimaranes, longo foi o caminho percorrido pela terra até que todos eles se tornassem em Guimarães. De entre todos os nomes, de entre todas as histórias que lhe dão nome, há quem diga que Guimarães foi, em tempos, Araduca, o lugar de letras, a cidade do saber, fundada pelos Turdetanos, mencionada por Ptolomeu na sua Geografia. São, portanto, de uma as memórias de outra: histórias da História para ler devagar.


* informações colhidas em
Memórias Ressuscitadas da Antiga Guimarães, de Torquato Peixoto de Azevedo, Padre, 1692 . Ed. de 1845, p. 151-153.

 
posted by Eduardo Brito at 8:23 da tarde | Permalink |


1 Comments:


At 5:50 da tarde, Blogger carlos freitas

Agradeço esta descoberta.