23.4.07
barry lyndon: motion painture?
Barry Lyndon: Stanley Kubrick, Inglaterra, 1975, fotografia de John Alcott.


Painterly sources for the imagery of Barry Lyndon probably include the works of Thomas Gainsborough (1727-1788), known for his lyrical rural landscapes and is rather ethereal portraits of woman;

John Constable (1776-1837), whose landscapes are remarkable for the beauty they attach to the everyday and mundane;

William Hogarth (1697-1764), whose paintings of eighteen-century social life are less idealized and more satirical than the above;

and Adolf Menzel (1815-1905), a German lithographer and painter whose primary claim to fame is his renderings of Frederick the Great’s court (...)

in Kubrick, Inside A Film Artist’s Maze, Thomas Allen Nelson, Indiana University Press, 2000, p.186.

Etiquetas:

 
posted by Eduardo Brito at 11:45 da tarde | Permalink |


5 Comments:


At 6:50 da tarde, Blogger BlogMinho

I Encontro de Bloggers e Leitores de Blogues do Minho
Vamos lançar um conjunto de iniciativas que visam devolver ao Minho uma voz activa e lançar um verdadeiro debate em torno das questões estruturantes da região mais portuguesa de Portugal.

 

At 10:07 da tarde, Blogger EB

E eu a pensar que era um comentário sobre a beleza do filme...

 

At 7:31 da tarde, Blogger Daniel MP

Nós é que podíamos lançar um conjunto de iniciativas, para aí umas nenhuma ou três, a respeito do "Encontro de Blogger e Leitor de Blogue que é um mimo!"

Onde desse para ir discutindo uns elogios a esse filme, trocando umas vistas a respeito de "A Rake´s Progress: The Orgy" e daí partindo para o documentário perdido: o nosso processo histórico anda desatento quanto à constante feminina. Ou podíamos apenas banalizar um pouco sobre o som do "23" Blonde Redheads´s e falar do tempo como ninguém, "de beiça!"!

 

At 11:35 da tarde, Blogger noasfalto

Caro eb:

Ia dizer qualquer coisa mas ainda tou a chorar com o riso.

Qualquer coisinha falamos no I Encontro de Bloggers e Leitores de Blogues do Minho. Se o riso deixar falar...

A proposta do daniel mp é bastante interessante. Pensa nisso.

Um abraço

 

At 12:55 da tarde, Anonymous rf

durante o filme, parava várias vezes... parecia que estava a entrar num quadro, quão étereas eram as imagens...