15.2.07
polaris.
O Polaris nasce hoje. Pode ser lido, irregularmente, aqui. É o primeiro projecto fruto desta Divina Desordem. Nasce para ser um trabalho continuado sobre o Norte, sobre o frio, sobre o silêncio e sobre outra forma de estar no tempo. Com as imprecisões do costume, é claro. Bem-vindos.
 
posted by Eduardo Brito at 7:06 da tarde | Permalink |


0 Comments: